Pular para o conteúdo principal

MAFIA E ROUBO NA NATURATINS

Polícia Civil revela como funcionava esquema que vendia licenças ambientais

Sete servidores do órgão supostamente envolvidos são investigados
Da Redação

A Polícia Civil (PC), com base nos diálogos interceptados entre os suspeitos de participar do esquema de corrupção que fraudava a emissão de licenças ambientais no Tocantins, revelado durante a operação “Licença Negra” deflagrada no dia 15 deste mês, identificou como funcionava o pagamento de propina aos responsáveis pela liberação dos documentos.

As escutadas revelaram que o esquema criminoso funcionava da seguinte forma: ao dar entrada ao processo o interessado necessariamente teria que contratar um projetista (consultor), o qual, via de regra seria um engenheiro florestal ou ambiental. O projetista contratado era o responsável por negociar o pagamento da vantagem financeira visando dar celeridade ao processo.

Como já era de conhecimento dos projetistas (consultores) a existência do esquema, ao serem contratados, os mesmo já questionavam aos proprietários das terras se teriam o interesse em “acelerar” os processos, explicando que, para que os procedimentos não ficassem parados por muito tempo dentro do Naturatins, era necessário o pagamento de “vantagens econômicas” a alguns dos servidores/técnicos responsáveis pela liberação das licenças.

Em alguns trechos das gravações telefônicas, foi possível evidenciar a existência de diálogos entre os acusados no qual se comprovou que alguns processos no Naturatins, somente eram impulsionados após o pagamento de propina. De acordo com o despacho do juiz, Rafael Gonçalves de Paula, com base nas investigações feitas pela Polícia Civil, fica comprovada a existência de corrupção ativa e passiva e ainda a formação de quadrilha com a finalidade de acelerar os processos administrativos dentro do Naturatins.

As investigações foram iniciadas há mais de seis meses após denúncias de pessoas que encontravam dificuldades para a emissão de licença ambiental. Foram apreendidos, conforme a PC, diversos processos que estavam no Naturatins, documentos, computadores e mídias com fins de gravar informações digitais.

De acordo com a Polícia Civil, já foram presos por determinação da Justiça sete servidores do Naturatins que supostamente estão envolvidos no esquema fraudulento. São eles: Nascimento Marques de Miranda, Roberval Barbosa de Alencar, Flávio Henrique de Aquino Frank, Getúlio Abreu, Marcos Antônio Aguiar Frank, Joabi Pereira Leal e Manoel Patrício Coelho Cabral Filho.  Todos foram liberados devido à prisão decretada ter sido temporária.

Com a quebra do sigilo telefônico determinada pela Justiça, mais servidores do órgão foram expostos. Entre eles, o presidente do órgão, Alexandre Tadeu de Moraes e o inspetor da Coordenação de Acompanhamento de Grandes Empreendimentos, João Kleber Neiva Brito.

Conclusão do inquérito
Como se trata de uma investigação complexa, a previsão para a conclusão do inquérito é de 30 dias, contudo o prazo pode ser prorrogado. A informação é da Polícia Civil.

Crimes
A Polícia Civil informou que, se comprovado o envolvimento dos servidores, eles irão responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva.

O delegado da Divisão de Repressão a Crimes a Administração Pública, ao Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro (Dracol), Claudemir Ferreira, é o responsável pelas investigações.

Postagens mais visitadas deste blog

QUEM É NELCIMÁRIO,O SUBTENENTE BIGODE,O HERÓI ANÔNIMO

Tem mais de 30 anos de serviço na PM-TO, onde trabalhava anteriormente no primeiro Batalhão no plano diretor sul,  participou de várias operações policiais na capital, onde de novembro a  primeiro de julho deste ano foi deslocado para região sul de Palmas, por determinação do comandante geral para ajudar os companheiros nas ações em combate ao crime organizado, onde recuperaram mais de 30 veículos (carro e motos) furtados e roubados, tirou mais de 15 armas de fogo de circulação das mãos dos bandidos!!! Apreensão de drogas e prisões de vários delinquentes de alta periculosidade, Juntamente com sua equipe e o Soldado Éder ( Japa), fatos esses sendo de conhecimento da população através das redes sociais.O que é um soldado honrado? É um guerreiro que dá sua vida pelo bem dos outros,um homem ou mulher que sabe usar o tempo com sabedoria e cumpre escalas e prontidões.Que treina a vida inteira para defender o bem.Que faz seu trabalho faça chuva faça sol,que não segue o calendário dos comuns,…

Ex-senador suspeito de abuso sexual no TO é transferido para cela comum

Ex-senador suspeito de abuso sexual no TO é transferido para cela comum Ele passou o fim de semana em uma sala separada, na CPP de Palmas.
Nezinho Alencar e a mulher dele foram presos durante operação da PF.Do G1 TO, com informações da TV AnhangueraFACEBOOK

Por Aplicação Irregular de Recursos, Prefeito Fabion Gomes Sai na Lista Suja do Tribunal de Contas da União

Por Aplicação Irregular de Recursos, Prefeito Fabion Gomes Sai na Lista Suja do Tribunal de Contas da União Data do post: 10/06/2016 00:37:42 - Visualizações: 2897                                                                                                         Imprimir Como já era de se esperar, o nome do atual prefeito de Tocantinópolis Fabion Gomes de Sousa saiu na lista dos políticos que estão com contas julgadas irregulares pelo TCU.Para alertar mais ainda a população não só de Tocantinópolis mais também da região do Bico do Papagaio, já que Fabion está no seu ultimo ano de mandato como prefeito e já pensa em se candidatar em 2018. Seu nome saiu na lista que no mesmo processo consta ainda uma outra figura bastante conhecida no município, Antenor Queiroz, que hoje anda de mãos dadas na campanha deste ano com os Gomes. Juntos, os antigos inimigos políticos, agora tentam eleger o filho do deputado José Bonifácio. O listão que consta 232 nomes de políticos do Tocantins foi emi…